A Necessidade do Perdão.

O Perdão é o Fruto maior do Amor.
Quem não tem a capacidade de perdoar,
não tem de amar, não sendo digno de Deus.
Porque Deus é Amor.

Quem ama Perdoa, tem misericórdia,
essa é a condição!
Quem é impiedoso, é classificado Biblicamente
como ímpio, e sabemos que os ímpios
além de não terem PAZ, não Subsistirão
ao Juizo. Cristãos de fato
(não os regidos por doutrinas de demônios ou de homens),
compreendem a importância do Perdão!.

O Perdão é tão essencial a vida dos salvos
que quando Jesus ensinou um modelo de
oração na Bíblia, ELE pede primeiro que
seja feita a vontade do Reino do Deus
Altíssimo e conclui nessa petição rogando
o perdão por nossos pecados pois em tese
já perdoamos os que erraram conosco.
Note ai que há uma pré-condição, e é justa.
Para se obter o perdão de Deus é necessário
que tenhamos primeiro perdoado
ao nosso Semelhante!

Esse princípio da justiça de Deus está no
resumo de toda a lei e os profetas como
nos agraçiou Jesus ensinando-nos.
A Saber, Mateus 22 :

Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,
e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Este é o primeiro e grande mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é:
Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

E arremata: Destes dois mandamentos dependem toda
a lei e os profetas.

E em Mateus 6 : 15 Jesus se faz bem claro na vontade
do Reino de Deus: Se, porém, não perdoardes aos homens
as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará
as vossas ofensas.
E está certíssimo, é uma questão de Justiça.

Mas alguém pode dizer: Não fui eu que errei,
não tem porque eu perdoar ou ser perdoado.
Vamos ver o que dizem as escrituras em Rm 3:10:
Não há um justo, nem um sequer.

Muitos, infelizmente que se dizem cristãos,
não o são, pois são impiedosos ou pra ser
mais claro, são ímpios e suas orações não
passam do teto, e lamentavelmente estão perdidos.

Muitos também que dizem perdoar, ficam se lamentando,
ou “remoendo”, fazendo questão de lembrar esses fatos.
Esses embora não saibam, não perdoaram e prosseguem
em suas vidas “amarguradas”, sem o amor, sem o perdão.

“Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe
são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem
pouco é perdoado pouco ama.”(Lucas 7 : 47)
Verdadeiramente, esse é o amor incondicional,
quem ama na sua plenitude, perdoa na sua plenitude,
sem nada esperar.
Perdoa porque ama!

E foi o que Jesus fez por nós naquela Cruz.
E até no último instante da humilhante morte
ELE rogou por nós: “Pai, perdoa-lhes, porque
não sabem o que fazem”(Lucas 23 : 34).
E ainda roga para aqueles que o imitam:
“MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo,
para que não pequeis; e, se alguém pecar,
temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo,
o justo.” (I João 2 : 1).

Pratiquemos o perdão como regra de FÉ.
“Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas,
e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor,
a paciência, a mansidão.” (I Timóteo 6 : 11)

“Bem-aventurados os misericordiosos,
porque eles alcançarão misericórdia;”
(Mateus 5 : 7)

Sejamos Bem-Aventurados.
A impiedade é um fardo muito pesado,
que leva ao desgaste físico, emocional
e até a morte em muitos casos.

Meu desejo e oração é que o Senhor use essa palavra
para falar profundamente a sua vida e em você sabendo
disto venha produzir grandes frutos para sua felicidade
e glorias ao nome dELE.

Quantos que se dizem cristãos vão torrar
no lago de fogo por serem impiedosos?
É justo, SÃO ÍMPIOS.

Que Deus abra seus olhos espirituais.
Que Deus abra seus olhos da fé e transforme sua vida
e faça os milagres que somente ele pode fazer por você.
Que ele mesmo lhe abençoe e revele os planos que tem
para você, e que você não perca a oportunidade que ELE
lhe dá hoje.
Em Nome de Jesus(Selá)!
Amém !!!

Veja esse documentário sobre o perdão,
e compartilhe com seus irmãos;

Tome posse dessa benção agora pela FÉ.

Guto Lopes